Segundo estudo, um envolvimento mais profundo com a Bíblia pode ajudar a melhorar a saúde e ter mais esperança

Imagem ilustrada

Durante esse período de pandemia, muitas foram as lutas contra problemas de saúde mental entre a sociedade, como ansiedade, depressão, estresse, amargura e falta de perdão.

Segundo os médicos, a saúde emocional da pessoa está diretamente ligada à saúde física; no entanto, novas pesquisas descobriram que as pessoas podem melhorar drasticamente seu bem-estar geral, lendo as escrituras.

John Plake, da American Bible Society, discutiu as descobertas de um estudo recente e explicou que um envolvimento mais profundo com a Bíblia pode ter um efeito positivo nas pessoas.

“Em meio a uma pandemia e esse tipo de ruptura que ocorre uma vez a cada século na América, estávamos interessados ​​em saber como a Bíblia ajuda as pessoas? Na luta em que a nação está, as pessoas que estão profundamente conectadas à Bíblia e à comunidade cristã são notavelmente resilientes”, revelou Plake ao programa Vida Saudável da CBN.

Ele ainda ressalta que está claro que os níveis de estresse cresceram como resultado da covid-19 e que o estresse extra não terminou. “Os níveis de estresse são extremamente altos. Todos os indicadores de estresse que analisamos, e há 10 deles no estudo, aumentaram quando a pandemia estava realmente começando a se instalar e a vida das pessoas estava sendo interrompida”, disse.

Ele também acrescentou afirmando que “o estresse não diminuiu, na verdade aumentou”. “Vimos que 48% dos americanos dizem que passaram por um evento traumático significativo em suas vidas”.

Vencendo desafios através da Palavra de Deus

De acordo com pesquisas, as pessoas que estão conectadas com uma forte comunidade cristã e profundamente envolvidas com a Palavra de Deus são as mais preparadas a vencer esses desafios.

“O que descobrimos foi se as pessoas estavam engajadas nas escrituras, significando mais do que apenas dedicar tempo para ler a Bíblia, mas uma interação consistente com a Bíblia que começa a moldar as escolhas das pessoas e transforma seus relacionamentos com Deus, consigo mesmas e com os outros”, conta Plake.

“Quando profundamente engajados com as escrituras e permitindo que toquem seus corações, vemos níveis significativamente reduzidos de estresse”. E continuou. “Vemos níveis crescentes de esperança. Alguns dos níveis mais altos de esperança para o futuro estão entre as pessoas que estão mais próximas da Bíblia. Então, por último, vemos entre as pessoas que foram traumatizadas que as pessoas que estão comprometidas com as escrituras são mais propensas a perdoar aqueles que poderiam tê-los machucado. Mesmo que essas pessoas não pedissem perdão”.

Para Plake, o ponto positivo em 2020 e 2021 é que a Sociedade Bíblica Americana contabilizou um crescimento substancial de usuários da Bíblia. “Vimos um aumento da ordem de 12 milhões de pessoas que agora usam a Bíblia pelo menos ocasionalmente, que não usavam antes. Passamos de cerca de 169 milhões de pessoas que usam a Bíblia pelo menos ocasionalmente para 181 milhões de pessoas registradas em janeiro. de 2021. Isso é realmente uma boa notícia”, revelou.

Ainda foram examinados durante o estudo, o tempo consistente com a Palavra de Deus e a importância de ir à igreja. Plake observou que o envolvimento na igreja e na comunidade de fé pode revelar respostas para aqueles que estão sofrendo.

“Neste momento em que as pessoas estão lutando com a dor, deslocamento, decepção … suas esperanças foram frustradas de muitas maneiras para muitas pessoas em toda a América, acho que é uma oportunidade para a igreja dizer que há um quadro maior aqui. história aqui e há uma comunidade de pessoas que te amam”, expressou.

E concluiu revelando que a Bíblia é a história de como o Senhor trabalha no meio de nossas lutas. “A igreja fornece essa comunidade de pessoas que amam você, a Bíblia fornece a história maior. A Bíblia é a história de como Deus está trabalhando no meio de nossas lutas para superar essas lutas e trazer um futuro preferido e as esperanças que todos nós temos para uma vida melhor”, finaliza.

Do Diário Gospel com informações da CBN News

Por José Souza

Baiano, José Souza é um Jornalista. Atuou como freelancer para diversos sites conhecidos. Hoje, é colaborador do Diário Gospel. (Registro Profissional-5171/BA). E-mail: jjsouza_19@hotmail.com

Confira também:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Todos os Direitos Reservados ©2022 Diário Gospel