Autoridades proíbem reuniões cristãs na Índia e mais de 50 igrejas tiveram que parar os cultos

Reprodução

Muitos cristãos tiveram que deixar de comparecer em suas igrejas por conta da proibição das autoridades na Índia. De acordo com as informações, foram dezenas de igrejas que não tiveram autorização para promover seus cultos religiosos pelo terceiro domingo consecutivo.

Um relatório indica que a mando de grupos nacionalistas hindus radicais, as autoridades impuseram uma proibição total às reuniões religiosas cristãs.

Mais de 50 igrejas caseiras no distrito de Jhabua, no estado de Madhya Pradesh, não foram autorizadas a se reunir para o culto aos domingos devido ao oficial da subdivisão emitir uma circular para delegacias de polícia nos blocos de Thandla e Megnagar declarando a proibição total de reuniões cristãs que o façam não tem permissão do magistrado local, relatou o órgão de vigilância da perseguição baseado nos EUA, International Christian Concern.

Na tentativa de resolver a situação, mais de 300 pastores e líderes cristãos se reuniram com as autoridades e enviaram um memorando, porém, não mudaram quase nada.

Segundo o órgão de vigilância da perseguição baseado nos EUA, International Christian Concernó, só no distrito de Jhabua, no estado de Madhya Pradesh, mais de 50 igrejas caseiras foram proibidas de realizar seus cultos aos domingos por causa do oficial da subdivisão que emitiu uma circular para delegacias de polícia nos blocos de Thandla e Megnagar, declarando a proibição total de reuniões cristãs que o façam não tem permissão do magistrado local.

Um Pastor da localidade chegou a relatar que em sua congregação o número foi reduzido e os poucos que seguem estão com medo: “Eu li a circular na sexta-feira passada e decidi não ter culto no domingo, os últimos cinco meses foram difíceis. Nossa congregação foi reduzida de 40 para 15. Até mesmo esses 15 agora estão com medo”, afirma o Pastor que em meio as dificuldades, explicou que suporta tudo isso por conta da fé. “Sei como pastor que preciso suportar dificuldades e perseguições por causa da minha fé. Mas estou preocupado com aqueles que estão mostrando interesse e vindo recentemente para adorar conosco”, conclui.

Do Diário Gospel com informações do Christian Post

Por José Souza

Baiano, José Souza é um Jornalista. Atuou como freelancer para diversos sites conhecidos. Hoje, é colaborador do Diário Gospel. (Registro Profissional-5171/BA). E-mail: jjsouza_19@hotmail.com

Confira também:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Todos os Direitos Reservados ©2021 Diário Gospel