Em culto, André Mendonça revela que sua eleição ao STF foi “determinada por Deus”

Reprodução

Acompanhado do governador Claudio Castro (PL), do senador Romário (PL-RJ), de parlamentares bolsonaristas e de três desembargadores, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), André Mendonça, revelou na noite da última quinta-feira, 09 de dezembro, que sua eleição para o cargo já estava determinada por Deus “desde antes da fundação do mundo“.

A afirmação do ex-advogado-geral da União e ex-ministro da Justiça ocorreu durante um culto na Igreja Vitória em Cristo, da Assembleia de Deus, no Rio de Janeiro.

Segundo Mendonça em sua pregação de 26 minutos, marcada por muitos gritos de “amém” e “aleluia“, além de aplausos, no templo lotado de fiéis, “o propósito da igreja nesse salto é glorificar a Deus“.

Para ele, “Deus tem um propósito para cada um de nós” e acrescentou: “Eu nunca tive dúvidas das promessas de Deus, do que Deus tinha me dito anos atrás“. “Não via como se realizaria, mas sabia que ele tinha prometido“, concluiu.

Por José Souza

Baiano, José Souza é um Jornalista. Atuou como freelancer para diversos sites conhecidos. Hoje, é colaborador do Diário Gospel. (Registro Profissional-5171/BA). E-mail: jjsouza_19@hotmail.com

Confira também:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Todos os Direitos Reservados ©2022 Diário Gospel