Pastor Josué Brandão é levado ao hospital às pressas após passar mal

Pastor Josué Brandão (imagem/reprodução)

O Pastor Josué Brandão usou as suas redes sociais na manhã desta segunda-feira, 10 de dezembro, para relatar um problema de saúde.

Josué Brandão contou que no dia 31 de dezembro, foi acometido de uma enxaqueca avassaladora, a ter dores de cabeça fortes e 19h até às 22h, sofreu três princípios de convulsão mas, mas mesmo assim, ainda compareceu ao culto.

“No dia 31 de dezembro, repentinamente fui acometido de uma enxaqueca avassaladora. Ter dores de cabeça fortes não chegam a ser algo incomum para mim. Mas, elas vão se intensificando gradualmente. Principalmente quando eu, na esperança de não precisar tomar uma medicação, aguardo para depois. Não. Não é algo diário. Mas, ocorre aqui e acolá. No dia 31 foi diferente. Ela já veio intensa. Entre 19 e 22 horas eu sofri três princípios de convulsão. O corpo tremia violentamente, ou batia em ondas que pareciam pequenos choques no cérebro. Sem que eu pudesse controlar. Embora, consegui “conter” a intensidade das vibrações físicas. Dor. Muita dor. Ainda assim, com muita fraqueza, decidi ir ao Culto da Virada. Não preguei. Não era suportável e ainda seria um descuido perigoso. Após o culto, fui medicado e passei o início do ano meio lento. Pesado. Meio sem graça”, explica.

Na última quarta-feira, 05 de janeiro, o Pastor começou a sentir dores no peito, transpassando as costas, o braço incomodava e a mão formigava. “No dia 5 amanheci com fortes dores no peito. Transpassava as costas. O braço incomodava e a mão formigava. Tomei um chá. Repousei. Evitei abusar”, disse.

No dia seguinte, voltou a passar mal ao se levantar para ir ao banheiro, sentiu tontura e caiu numa sensação forte de desmaio. “Na madrugada, do dia 06, levantei-me para ir ao banheiro. Ao sentar na cama, meu corpo inclinou para frente como se fosse cair. E cairia se não tivesse me segurado na cabeceira da cama. Esperei um pouco. Diminuiu a tontura, fui ao banheiro. Mas, de forma estranha o corpo teimava em ir numa direção inclinada. Meio que caindo. Voltei para a cama e cair numa sensação forte de desmaio. Suor frio. Corpo gelado”.

Josué ainda relata que naquele momento, disse para sí próprio. “Estou infartando”. E acrescentou que precisava de coragem para ir até o hospital mas ao ligar para dois amigos, eles também não acordaram. “Esperei uns minutos, levantei-me, deixei o chuveiro me molhar. Vesti-me e Saí do quarto. Queria coragem para ir ao hospital”. Liguei para dois amigos que também não acordaram. Disse a mim: se for um infarto, o tempo é tão precioso quanto o pronto atendimento”, concluiu.

Josué Brandão desenvolve o Ministério Pastoral há mais de 28 anos, atuando nas áreas da pregação, do ensino e da literatura. Ele também é escritor de alguns livros e artigos de cunho teológico e devocional, tem falado para Líderes e Empreendedores em todo o Mundo.

Comentários

Por José Souza

Baiano, José Souza é um Jornalista. Atuou como freelancer para diversos sites conhecidos. Hoje, é colaborador do Diário Gospel. (Registro Profissional-5171/BA). E-mail: jjsouza_19@hotmail.com

Confira também:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Todos os Direitos Reservados ©2022 Diário Gospel